Dia  das  mães

Impostos deixam presentes mais caros:
veja quanto

Uma das maneiras encontradas para homenagear as mães é presentear. Mas poucos param para pensar na carga tributária embutida nos preços dos produtos.

Um levantamento com os produtos
mais procurados para o Dia das Mãe
mostrou que os impostos chegam a
até 79% do valor final dos presentes. 

Quem comprar um perfume
importado que custa R$ 170, por
exemplo, vai desembolsar R$ 134,30
só de impostos.

Roupas e sapatos, que costumam
ser os preferidos no Dia das Mães,
têm mais de 30% do preço final
comprometidos com tributos.
Confira a seguir.

CALÇA JEANS

PREÇO SEM IMPOSTO

IMPOSTO

34,67% - IMPOSTO

SAPATO

PREÇO SEM IMPOSTO

IMPOSTO

36,17% - IMPOSTO

TÊNIS NACIONAL

PREÇO SEM IMPOSTO

IMPOSTO

44% - IMPOSTO

TÊNIS IMPORTADO

PREÇO SEM IMPOSTO

IMPOSTO

58,59% - IMPOSTO

VINHO
IMPORTADO

PREÇO SEM IMPOSTO

IMPOSTO

69,73% - IMPOSTO

PERFUME
NACIONAL

PREÇO SEM IMPOSTO

IMPOSTO

69,13% - IMPOSTO

PERFUME
IMPORTADO

PREÇO SEM IMPOSTO

IMPOSTO

79% - IMPOSTO

O advogado tributarista Samir
Nemer, responsável pelo
levantamento, explicou que a
elevada tributação dos presentes se
deve ao fato de serem considerados
bens supérfluos. 

“No Brasil, a tributação é muito
concentrada no consumo, o que
acaba aumentando os preços dos
itens e, muitas vezes, impedindo que
as pessoas consumam mais e
melhor”, afirmou o advogado.

Nemer explica que, nos produtos
importados, além da tributação
normal (IPI, ICMS, PIS/Cofins) é
acrescentado o imposto de
importação. A alta do dólar também
tem pressionado o preço desses
produtos. 

Texto: Amanda Monteiro
Design: PH Martins
Imagens: FreePik e Unsplash
Vídeos: Tenor

+ sobre Economia