PIZZA NAPOLITANA?

Qual a diferença da

Engana-se quem pensa que pizza é tudo igual. Existem várias formas de preparo da massa, fermentação e seleção dos ingredientes. Uma dessas receitas virou até patrimônio imaterial da Unesco em 2017.

Conhecida por ser mais macia e aerada, a pizza napoletana (napolitana) tem ganhado espaço no mercado brasileiro e conquistado uma nova legião de apreciadores. Mas o que a torna diferente das outras?

A diferença, segundo o proprietário da primeira pizzaria napoletana do Espírito Santo, a La Musa, Felipe Delboni, está no uso de ingredientes previstos pela Associação Verace Pizza Napoletana (AVPN).

Essa associação, aliás, foi criada para proteger a receita original e difundi-la pelo mundo. A lista é extensa, mas garante a experiência de saborear uma pizza como se estivesse em Nápole, na Itália.

Os tomates são italianos, pelati ou san marzano, a muçarela é de búfala fior di latte ou fresca com leite de vaca, a abertura do disco é feita à mão e a massa descansa por, no mínimo, 24 horas.

Na La Musa, as opções de recheio são variadas com mortadela italiana, a tradicional carbonara e a recheada com parma e rúcula. A mais clássica, entretanto, é a pizza marguerita.

Para quem não dispensa uma sobremesa,  ainda há opções doces como a de nutella com pistache.

Mas não para por aí. Com uma proposta mais moderna, a La Musa adaptou a receita napoletana aos mais famintos e assim nasceu o Musa Burger, um hambúrguer feito com a massa da pizza.

Quem ficou na vontade pela pizza ou pelo hambúrguer, a La Musa Pizzeria, localizada na Praia do Canto, em Vitória, reúne todas essas opções em um espaço moderno ideal para curtir com os amigos.

e conheça mais sobre a La Musa

 Clique aqui 


Conteúdo oferecido por:


 

 Produzido por: