A Premiação do ano

A pandemia trouxe novos desafios e obrigou empresas a se adaptarem ao novo normal. O Marcas de valor reconhece as instituições mais admiradas pelos capixabas em meio às adversidades.

Erlana Castro

A pandemia trouxe uma vivência coletiva de interdependência humana. Finalmente, aprendemos sobre estarmos em rede e a nos organizarmos de modo diferente.

Marcas ao lado
do consumidor

Pesquisa feita pelo Sebrae e Ibope mostrou que a maioria espera que marcas informem suas ações para lidar com a crise e manter a segurança de colaboradores e consumidores.

Rimaldo de Sá
CEO da Beta Rede

Papel na sociedade

Consumidores esperam marcas ativas e conscientes. Elas devem ir muito além do seu papel no mercado para compreender a importância do seu papel social. 

palavra de ordem é reinvenção

Para se manter no mercado em tempos de crise, é preciso que as marcas falem a mesma língua do cliente e ofereçam serviço de qualidade e preço competitivo.

Cláudio Rabelo,
professor da Ufes e autor do livro “Faixa Preta em Publicidade e Propaganda"

As marcas devem libertar os discursos de seus produtos e comunicar os problemas que podem resolver.

Atentos às mudanças

As marcas carregam um componente emocional e os consumidores estão atentos aos seus exemplos e ao que elas podem construir em momentos de mudança.

Rosane Zanotti
professora da Ufes

Marcas constroem narrativas

Consumidores entendem que marcas constroem narrativas, ressaltam valores e devem se colocar e ter atitudes em situações como a crise atual.

edição de 2020 em formato on-line 

Por causa da pandemia, o Marcas de Valor 2020 é virtual, com palestra da especialista em empreendedorismo, inovação e estratégia criativa, Erlana Castro (foto).

Quer conhecer mais sobre o marcas de valor? arraste para cima e confira o nosso site!

ROTEIRO: Karine Nobre
MÍDIAS: Unsplash, Pixabay, Freepik, Estevao Andrade, Adessandro Reis, Guilherme Ferrari